Item adicionado ao orçamento


Av. Itamaraty 710 - Rolândia-PR 43 2101-0100
English Portuguese Spanish

PREVENÇÃO PARA MELHOR PRODUTIVIDADE

Gostou? compartilhe!

PREVENÇÃO PARA MELHOR PRODUTIVIDADE

PREVENÇÃO PARA MELHOR PRODUTIVIDADE

É no vazio sanitário que os sojicultores brasileiros iniciam a preparação para a próxima safra de soja, definem a compra de insumos e traçam as estratégias de plantio, manejo, colheita e comercialização. Sempre pensando na quantidade e qualidade do produto final. O período e as decisões nele tomadas são essenciais para o atingimento de altas produtividades

De acordo com Rodrigo Burci, consultor de Marketing Soja Brasil da BASF, a escolha de variedades adaptadas é um dos pontos mais importantes para o aumento do rendimento, já que a produtividade média de soja no país está estacionada em 50 sacas por hectares há alguns anos. “A questão é que não adianta optar por cultivares que tenham apenas alto potencial produtivo. Eles precisam, também, de qualidade.

Isso a BASF oferece com as sementes Credenz® e SoyTech®”, ressalta Burci, exemplificando: “Sementes Credenz® têm poder de germinação e de vigor altíssimo, com excelente possibilidade de desenvolver a população final de plantas que preciso”. E para garantir que essa semente tenha a oportunidade de manifestar todo o seu potencial, Burci recomenda o tratamento industrial com o Standak® Top, inseticida e fungicida com a função de blindar as sementes contra o ataque de pragas e doenças de solo que interferem no processo de germinação e desenvolvimento das plantas.

O monitoramento de doenças é outro passo fundamental para o sucesso da produtividade. Por isso o consultor da BASF reforça que o sojicultor não deve se programar com foco em apenas uma ou outra doença, mas no complexo. “Não dá para dizer que temos uma doença de forma isolada que impacta mais ou menos no desenvolvimento da lavoura. É a soma dos prejuízos causados por todas elas que resulta em quebra de produção. Se o produtor focar em apenas uma, a chance de perder por outra é muito grande. ” 

A ocorrência e a severidade vão depender muito das condições climáticas. Alta temperatura e umidade são propícias para o desenvolvimento de doenças fúngicas. As aplicações preventivas de fungicidas auxiliam o produtor no alcance por altas produtividades, e é a orientação da BASF, lembrando de fazer a rotação de grupos químicos a fim de preservar as tecnologias disponíveis no mercado.

“É preciso que o produtor esteja ciente dos perigos do aparecimento da resistência das doenças aos fungicidas. Colocar no mercado uma nova molécula demanda muita dedicação, investimento e cerca de dez anos de trabalho em pesquisas.

Então, o ideal é protegermos os princípios ativos que temos hoje”, comenta Burci, destacando que a proposta da BASF é ajudar o agricultor a produzir mais e melhor. Nesse sentido, a empresa recomenda sempre a utilização de fungicidas multissítios associados aos de sítio específico. “Hoje temos em nosso portfólio cinco grupos químicos utilizados no manejo de doenças da soja – triazol, estrobilurina, carboxamida, morfolina e o multissítio – então o agricultor tem opções para manter a sanidade da lavoura”, finaliza o especialista.

Soluções BASF para a Soja

Credenz® – Sustentada por três pilares – mais qualidade por semente, mais tecnologia por hectare e mais soluções –, a marca de sementes tem poder de germinação e de vigor altíssimo, com excelente possibilidade de desenvolver a população final de plantas.

SoyTech® – Libera todo o potencial produtivo da soja por conta da tecnologia LibertyLink®, que reduz a matocompetição. Quando utilizada em rotação com opções BT, possibilita o refúgio e protege a longevidade das duas tecnologias.

Standak® Top – Oferece proteção do potencial genético das sementes de soja. O produto tem funções múltiplas e complementares no seu efeito inseticida e fungicida, blindando as sementes contra o ataque de pragas e doenças de solo que interferem no processo de germinação e de plântulas em desenvolvimento na lavoura.

Uso exclusivamente agrícola. Aplique somente as doses recomendadas. Descarte corretamente as embalagens e os restos de produtos. Incluir outros métodos de controle do programa do Manejo Integrado de Pragas (MIP) quando disponíveis e apropriados. Standak® Top está devidamente registrado no Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento sob o número 01209.

Fonte: AgroLink



Gostou? compartilhe!